Biografia - Teodoro e Sampaio

História da dupla Teodoro e Sampaio

Desde a sua formação, Teodoro & Sampaio se mantém nas paradas de sucesso das rádios, sempre apresentando novidades para seu público, porém sem perder as principais características: a alegria, o romantismo e a descontração.

Devido ao reconhecimento e ao grande carinho do público, Teodoro & Sampaio já participaram de programas com abrangência nacional como Domingão do Faustão, Domingo Legal, Programa do Jô, Programa Raul Gil, Domingo Show, Domingo Espetacular, entre outros, em entrevistas exclusivas e especiais musicais. Em média, realizam 200 shows por ano, contando sempre com presença de público em massa. Atualmente, são mais de 1,5 milhão de espectadores anuais.

Após o reconhecimento nacional, Teodoro & Sampaio começaram a conquistar espaço no mercado fonográfico internacional realizando, em 2003, sua primeira turnê pelos Estados Unidos. Dois anos depois, retornaram ao país e receberam convites para se apresentar também em países da América Latina, no Japão e na Europa.

A sonoridade da dupla agrada a qualquer tipo de público, não importa se jovem, adulto, criança ou idoso. Teodoro e Sampaio são campeões de vendas, seus trabalhos renderam milhares de cópias, destaca-se O grande sucesso em 1984 que despontou da dupla para o Brasil ‘Vestido de Seda’, que já vendeu mais de 500 mil cópias, logo em seguida veio “Paixão Proibida”, que vendeu mais de 700 mil cópias. O disco duplo ''Mulher Chorona'' representa o recorde de vendas e até hoje é sucesso absoluto com mais de 1 milhão de cópias vendidas.

Atualmente, a dupla lançou o seu mais recente trabalho intitulado “RÉU APAIXONADO” que conta com quinze canções inéditas e que com certeza vão agradar o gosto musical de todas faixas etárias. “De mamando a caducando”, como gosta de parafrasear, Teodoro.

Ao longo da carreira, Teodoro & Sampaio lançaram 28 trabalhos, sendo que 24 desses foram premiados com “disco de ouro” e dois com “disco de platina”. Até hoje, a dupla já vendeu mais de 6.5000.000 (seis milhões e quinhentos) discos.

[Teodoro]

Teodoro

Aldair Teodoro da Silva, filho de Lázaro e Francisca, nasceu em 18 de junho de 1943, no município de Santo Antônio da Platina. Filho primogênito, iniciou sua carreira quando ainda pequeno fez dupla com seu pai cantando modas de Tonico e Tinoco, Zé Carreiro e Carneirinho, Zilo e Zalo. Dair, como era chamado, pedia insistentemente ao pai um cavaquinho de presente. E assim fez seo Lázaro; presenteou Dair com o cavaquinho, que logo deu início e marcou a carreira artística de Teodoro.

De família muito simples, Teodoro sempre cantava nas inúmeras festas que aconteciam na fazenda em que morava. Aos 18 anos, já tinha claro na cabeça e firme no coração o desejo de ser cantor de música sertaneja, além é claro de todo o apoio que recebia de seu pai - seu grande professor.

Assim, com o sonho de ser cantor profissional, Teodoro fez grandes parcerias com Luiz Gonzaga, - não o rei do baião - Zé da Praia, Zé Tapera com quem fez muito sucesso, e Paraná, da dupla Chico Rey e Paraná, que até chegou ao cantar como Sampaio. O jovem cantor se destacou tanto pelo seu domínio da música quanto da visão empreendedora da dupla. Teodoro, ao longo de sua carreira, cantou e começou a disseminar seu sucesso nos circos, apresentou programa de rádio e atualmente apresenta o “Amigos do Teodoro e Sampaio” ao lado seu filho Marcello Teodoro.

Desde então a história pessoal de Dair, se converge com sua história profissional, ele é precursor do modelo de empreendedorismo da música sertaneja, criou um novo sistema de gerenciamento de carreira e de negócios musicais. A música sempre esteve presente desde os cafezais até os grandes palcos. Parceiro com grandes músicos, Teodoro hoje é referência na música sertaneja, além de contribuir diretamente com a cultura e valorizar a vida simples.

Antes de pegar no primeiro violão, Teodoro pegou na enxada, na foice, no facão, na trilhadeira. Quando passou a viver o sonho de seu pai, de ser artista de voz e viola, tornou-se, para a família, símbolo de superação. Ele representa também o triunfo do povo sertanejo, na sua ousadia de sonhar, mudar e mudar-se, persistir e empreender, trabalhar alegrando-se, vencer cooperando.


Sampaio

O dono da voz de “Sampaio” é Gentil Aparecido da Silva, desde 2009. Nascido no interior do Paraná, na cidade de Uraí, Gentil também deixou a família e a roça em busca do sonho de ser cantor de música sertaneja e com isso fez dupla com Genival, Cabral, Peão Carreiro, e com Teodoro não foi diferente a parceira.

Por volta dos dez anos, Gentil já saía fugido dos seus pais para cantar com os tios nas festas dos sítios e nas cidades em volta Uraí e Cornélio Procópio. Aos 14 anos, saiu da roça para tentar fazer carreira na música e cerca de dez anos depois, já morando em São Paulo, trabalhou duro na profissão de metalúrgico. Nos fins de semana, Gentil ia para a Rádio Nacional para se aproximar das duplas e também frequentava as festinhas que as duplas anunciavam pelo rádio.

[Sampaio]